08/06/2023

    Criterium du Dauphine: vitória solo e liderança para Vingegaard - Bikemagazine

    Dinamarquês conquistou vitória solo após atacar Carapaz na subida final da etapa 5; Alaphilippe terminou em 2º; confira os melhores momentosVingegaard na vitória solo da 5ª etapaDo Bikemagazine Fotos de...

    Criterium du Dauphine: vitória solo e liderança para Vingegaard - Bikemagazine

    Dinamarquês conquistou vitória solo após atacar Carapaz na subida final da etapa 5; Alaphilippe terminou em 2º; confira os melhores momentos

    Vingegaard na vitória solo da 5ª etapa

    Do Bikemagazine
    Fotos de divulgação/ASO

    Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) conquistou vitória solo nesta quinta-feira (8 de junho) na 5ª etapa da corrida Criterium du Dauphine e assumiu a camisa amarela de líder da classificação geral. Julian Alaphilippe (Soudal-QuickStep) venceu o sprint para o segundo lugar à frente de Tobias Johannesen (Uno-X), 31 segundos atrás do imbatível Vingegaard.

    O dinamarquês acompanhou um ataque de Richard Carapaz (EF Education-EasyPost) no Côte de Thésy (categoria 2) e deixou o equatoriano para trás a 1km do topo. O ataque, explicou Vingegaard, não havia sido planejado. “Eu não queria atacar hoje”, disse. “Eu só queria me defender e aí eles atacaram. Eu estava trabalhando com Carapaz, mas em algum momento ele não podia mais seguir”, completou.

    Carapaz e Vingegaard no ataque

    Vingegaard alcançou o topo com 35 segundos de vantagem sobre um grupo considerável de perseguidores e seguiu para os últimos 14 km na frente até a meta em Salins-les-Bains. Adam Yates (UAE Team Emirates) e Ben O’Connor (AG2R Citroën) tentaram organizar uma perseguição, mas a relativa falta de coesão no grupo tirou qualquer esperança de alcançar Vingegaard. Egan Bernal (Ineos Grenadiers) tentou tirar proveito dessa perseguição incontrolável e atacou sozinho, mas o colombiano logo foi alcançado.

    Vingegaard lidera a classificação geral com vantagem de 1min10s sobre O’Connor e 1min23s sobre Alaphilippe. “Agora eu só tenho que andar defensivamente, não sou eu quem tem que atacar”, disse Vingegaard.

    O então líder Mikkel Bjerg (UAE Team Emirates) ficou para trás após uma queda na subida final e perdeu tempo, mas manteve a camisa branca da classificação de melhor jovem. “A corrente do Matteo Jorgenson soltou e precisei desviar”, disse Bjerg, que voltou para a disputa e encerrou a etapa a 2min23s. “Foi muito bom fingir ser um dos caras grandes com uma camisa amarela hoje”, declarou.

    MELHORES MOMENTOS

    CLASSIFICAÇÃO DA ETAPA
    1. Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) 04h03’42”
    2. Julian Alaphilippe (Soudal Quick-Step) a 31”
    3. Tobias Johannessen (Uno-X Pro Cycling Team) a 31”

    CLASSIFICAÇÃO GERAL
    1. Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) 17h03’03”
    2. Ben O’Connor (AG2R Citroen Team) a 01’10″
    3. Julian Alaphilippe (Soudal Quick-Step) a 01’23”

    AS CAMISAS
    Camisa amarela – 
    líder classificação geralJonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
    Camisa verde – 
    líder classificação por pontos – Christophe Laporte (Jumbo-Visma)
    Camisa de bolinhas – 
    líder classificação de montanha – Donavan Grondin (Arkéa Samsic)
    Camisa branca – 
    líder classificação melhor jovem –Mikkel Bjerg (UAE Team Emirates)

    Próxima etapa
    A 6ª etapa, nesta sexta-feira, terá a primeira chegada ao alto, com uma subida de categoria 2 e duas de categoria 3 nos últimos 20 km. O Côte de Droisy (5,4 km a 7%) vem 100 km antes do Col des Aravis (7,8 km a 5,7%), então a luta para entrar na fuga acontecerá antes ou no Droisy. O Côte de Notre-Dame-de-Bellecombe (3,2 km a 6,1%) vem diretamente antes da subida final até a chegada, no Côte de Crest-Voland (2,3 km a 6,6%). Veja altimetria

    Altimetria da 6ª etapa, a primeira com chegada ao alto

    AS ETAPAS
    Etapa 1 – 4 de junho – Chambon-sur-Lac – Chambon-sur-Lac 158km
    Etapa 2 – 5 de junho – Brassac-les-Mines – La Chaise-Dieu 167,5km
    Etapa 3 – 6 de junho – Monistrol-sur-Loire – Le Coteau 194,5km
    Etapa 4 – 7 de junho – Cours – Belmont-de-la-Loire (ITT) 31,1km
    Etapa 5 – 8 de junho – Cormoranche-sur-Saône – Salins-les-Bains 191,5km
    Etapa 6 – 9 de junho – Nantua – Crest-Voland 170,5km
    Etapa 7 – 10 de junho – Porte-de-Savoie – Col de la Croix de Fer – 148km
    Etapa 8 – 11 de junho – Le-Pont-de-Claix – La Bastille 152,8km

    LEIA MAIS
    Criterium du Dauphine no Bikemagazine

    Isenção de Responsabilidade & Aviso Legal

    As opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade do autor e não refletem necessariamente a política editorial do site. Nós apenas agregamos o conteúdo, caso tenha interesse em remover, entre em contato conosco.